slide2-1980.jpg

Viroc

O Viroc é um painel compósito constituído por uma mistura de partículas de madeira e cimento.
Combina a flexibilidade da madeira com a resistência e durabilidade do cimento, permitindo uma vasta gama de aplicações tanto no interior como no exterior.
A sua aparência não é homogénea, sendo uma característica natural do produto.
Ao ser calibrado/ lixado apresenta partículas de madeira visíveis na superfície do painel.

O painel Viroc pode ser aplicado em exteriores, nomeadamente em fachada ventilada, a solução ideal para revestimentos exteriores, pelas suas indiscutíveis vantagens de isolamento térmico.

ESPECIFICAÇÕES:

O Viroc é um painel compósito constituído por uma mistura de partículas de madeira e cimento.
Combina a flexibilidade da madeira com a resistência e durabilidade do cimento, permitindo uma vasta gama de aplicações tanto no interior como no exterior.
A sua aparência não é homogénea, sendo uma característica natural do produto.
Ao ser calibrado/ lixado apresenta partículas de madeira visíveis na superfície do painel.

O painel Viroc pode ser aplicado em exteriores, nomeadamente em fachada ventilada, a solução ideal para revestimentos exteriores, pelas suas indiscutíveis vantagens de isolamento térmico.
A espessura mínima do painel para aplicação em fachadas é de 12mm.
É recomendado proteger o painel através da aplicação de tinta ou verniz

O painel Viroc é igualmente adequado na construção de paredes divisórias.
Quando aplicado em exteriores devem ser respeitadas as mesmas regras do sistema para fachadas ventiladas.
Esta aplicação é valorizada pelas características do painel no que respeita ao seu aspecto visual, resistência mecânica, isolamento sonoro, resistência à acção do fogo e durabilidade.

É uma escolha preferencial em divisões de quartos de hotel ou salas de cinemas, onde a resistência acústica a sons aéreos e resistência ao fogo são os critérios que definem o espaço a compartimentar. Os recintos húmidos interiores são também áreas ideais para a utilização do painel Viroc devido à sua resistência à humidade, como a aplicação em complexos de piscinas, balneários e instalações sanitárias.

O painel Viroc pode ainda ser utilizado como revestimento e acabamento de paredes existentes, tanto interiores como exteriores.
A espessura mínima dos painéis Viroc utilizados em paredes interiores em zonas secas é de 10 mm e de 12mm para aplicações em zonas húmidas interiores ou exteriores.
Em zonas húmidas é recomendado aplicar tinta ou verniz.

A construção de pavimentos estruturais ou revestimento de pavimentos é outra das possibilidades de aplicação dos painéis Viroc.
É muito utilizado em remodelações de edifícios antigos, na substituição do tradicional soalho de madeira, que se degrada com a presença da água nas zonas das instalações sanitárias, cozinhas e nas zonas de ligação às paredes de fachada.

Pode ser utilizado como revestimento e acabamento de pavimentos existentes.
A espessura mínima dos painéis utilizados em pavimentos estruturais é de 19 mm.
Quando utilizados como revestimento, sem uma função estrutural e assente sobre uma superfície existente, a espessura recomendada é de 12mm.

Quando aplicado em pavimentos, deverá ter-se em atenção as cargas a que o painel Viroc irá estar sujeito, uma vez que a sua resistência depende da espessura do painel e do afastamento entre vigas de suporte.
É recomendado aplicar tinta ou verniz adequados para pavimentos com uma boa resistência ao desgaste.

O painel Viroc é igualmente utilizado em tectos falsos tanto interiores como exteriores, pela sua estética e durabilidade.
Na aplicação de tectos falsos, devem ser previstas juntas abertas entre painéis, tanto em interiores como em exteriores.
A espessura mínima dos painéis Viroc utilizados em tectos interiores de zonas secas é de 10 mm e de 12mm em zonas húmidas, sejam estas interiores ou exteriores.
Em zonas húmidas é recomendado aplicar tinta ou verniz.

É também adequado para suportar revestimentos de coberturas, devido à sua resistência mecânica, índice de isolamento a sons aéreos, resistência térmica e resistência à humidade.
É necessário ter em consideração as cargas a que o painel Viroc irá estar sujeito, tal como quando é aplicado em pavimentos.
A espessura mínima dos painéis Viroc utilizados em coberturas é de 16 mm.

O painel Viroc, pela sua resistência e durabilidade, é um produto com excelente desempenho na aplicação em cofragem perdida. De forma a minimizar os desperdícios, o painel deve ser cortado transversalmente à sua maior dimensão, formando painéis com um comprimento de 1250 mm pela largura pretendida.
A largura dos painéis de cofragem perdida é determinada pelo afastamento entre vigas, sejam estas metálicas ou de betão armado, acrescido de 5 cm para cada lado, dimensão mínima de apoio sobre as vigas.

To play, press and hold the enter key. To stop, release the enter key.

press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom